A
Alopecia Androgenética é um dos mais comuns tipos de perda de
cabelo que afeta principalmente os homens entre os 20 e os 50 anos e
que segundo os especialistas é causada por 3 fatores básicos: a
idade, a hereditariedade e a hormona testosterona. Para o seu
tratamento existem dois medicamentos conhecidos como Finasteride e
Minoxidil que são utilizados para combater a queda de cabelo.

Aceitando
o facto de que a Alopecia Androgenética não pode ser totalmente
curada, o uso do Finasteride ou do Minoxidil pode ser uma grande
ajuda, dependendo da forma de tratamento que for decidida e também
da maneira como os dois medicamentos forem utilizados por cada
pessoa. Algumas pessoas utilizam unicamente o Finasteride, outros o
Minoxidil e também o Finasteride mais o Minoxidil. De qualquer
forma, a combinação ou não dos dois medicamentos, assim como
também o êxito nos seus resultados, depende de cada indivíduo. São
dois medicamentos que podem ser complementares e que se administram e
atuam de forma diferente. 

Finasterida

No
caso do Finasterida, também conhecido como Propecia, é administrado
por via oral e trata-se de um bloqueador da enzima 5-alfa redutase de
Tipo 2 que intervém na regulação do folículo piloso. A utilização
da Propecia 
contribui para o aumento da densidade do cabelo e para a
redução da sua queda. Deve ser tomado diariamente e os seus
resultados poderão ser vistos entre 3 e 6 meses
. As mulheres não
podem usá-lo por causa dos riscos em caso de
gravidez.

Minoxidil 

Por
sua vez, o Minoxidil é uma loção que é aplicada de forma local
diretamente sobre as áreas afetadas do couro cabeludo. Ainda que os
peritos não conheçam qual é o mecanismo que o faz atuar, o
Minoxidil trabalha como estimulante do crescimento dos folículos.
Deve ser aplicado uma ou duas vezes ao dia. É aplicado sobre o couro
cabeludo limpo e seco, começando pelo centro da zona a tratar. Caso
o cabelo tenha sido acabado de lavar e esteja húmido, terá de
utilizar uma menor concentração do produto sobre o cabelo, já que
a dose se diluirá.

O uso combinado de Minoxidil e Finasteride
ajuda a otimizar os resultados mas é sempre necessário consultar um
especialista
, selecionar um ou vários tratamentos e ser regular e
paciente, porque na maioria dos casos esperam-se resultados rápidos
e os pacientes acabam por abandonar os tratamentos antes do tempo.

Marcado com →  
Compartilhado →