A atriz de «Love Actually», «Orgulho e Preconceito», ou da saga «Piratas das Caraíbas» é considerada uma das estrelas mais glamourosas e chiques do mundo do cinema, sendo muitas vezes disputada por marcas como a Chanel, Valentino ou Dolce & Gabbana para exibir as suas criações nas várias red carpets. No entanto, no que toca ao cuidado capilar, nem tudo é glamour em Keira Knightley. Tal como confessou abertamente, as várias mudanças de estilismo a que teve de submeter o seu cabelo por exigências profissionais deixaram marca sob a forma de uma alopecia incipiente, o que a obrigou a recorrer à utilização habitual de perucas.

«Usei tintas para o cabelo de todas as cores imagináveis para fazer filmes. O meu cabelo ficou tão mal que começou, literalmente, a cair, por isso, há cinco anos que uso peruca. Esta decisão foi a melhor coisa que aconteceu ao meu cabelo», declarou a atriz inglesa numa entrevista publicada na revista In Touch.

Embora a qualidade destes produtos tenha melhorado consideravelmente, e as suas fórmulas contenham cada vez menos substâncias agressivas e incluam outras que reforçam a proteção da fibra capilar e asseguram que a cor obtida não se deteriora, a verdade é que os excessos, os abusos e a má utilização das tintas são maus para o cabelo, uma vez que agridem a estrutura natural da cutícula e podem secá-lo em excesso, especialmente em zonas como as pontas. No caso das atrizes, as características das personagens que interpretam fazem com que tenham de recorrer, frequentemente, à coloração capilar, inclusive várias vezes por semana, daí que a opção da peruca surja como uma das mais acertadas para conseguir o aspeto que precisam de ter no ecrã, sem que os seus cabelos paguem as consequências. «Nunca me submeterei novamente a uma mudança de look real por exigências do guião; se tiver de mudar a cor do cabelo, vou usar sempre peruca», declarou a atriz.

O caso de Keira Knightley não é o único no mundo do espetáculo e são muitos os famosos com problemas no cabelo. O carácter camaleónico da imagem de Lady Gaga, por exemplo, afetou seriamente a sua saúde capilar, daí que esta seja outra artista que encontrou nas perucas (no seu caso, nada discretas) a solução para os seus problemas, sem renunciar à imagem sempre inovadora que a caracteriza. As cantoras Kate Perry e Rihanna são outras famosas que recorrem às perucas quando querem «refrescar» a sua imagem. Beyoncé utiliza a mesma estratégia para passar de morena a loura (e vice-versa) de um dia para o outro, e outros rostos populares como Britney Spears ou Naomi Campbell não hesitaram em utilizar perucas para disfarçar os seus problemas de alopecia.

Marcado com →  
Compartilhado →