SobrecelhasMuitas vezes as sobrancelhas ficam “eclipsadas” pela cor dos olhos, pela sua forma ou por outros atributos faciais. Mas a importância dos pelos desta zona é tanta que se pode dizer que não há olhar que se preze sem umas sobrancelhas em perfeito estado. No entanto, isso nem sempre é fácil de conseguir, já que esta área do contorno dos olhos também está sujeita à passagem do tempo e às consequências de outras circunstâncias, como podem ser os maus hábitos relacionados com o seu cuidado.

Um dos problemas mais habituais é o das sobrancelhas “despovoadas”. A maior parte das vezes a causa costuma ser a de um excesso de depilação ao longo de muitos anos. Geralmente, os pelos depilados das sobrancelhas voltam a crescer, mas com frequência mais lentamente e, por vezes, isso não acontece. Por isso é tão importante, antes de as começar a depilar habitualmente, fazer um desenho das sobrancelhas o mais ajustado possível à forma como as quer arranjar, tendo em conta outros aspetos, tais como a estrutura facial, a forma e o tamanho dos olhos, a cor do cabelo, etc. Devemos ter em conta que mudar as sobrancelhas não é um processo tão fácil como alterar outros aspetos da fisionomia.


Um truque para acertar com o desenho das sobrancelhas é ter sempre em consideração que o seu comprimento deve começar na linha reta que une o lacrimal do olho com a narina, enquanto que o final deve ficar na linha que une a narina com o ângulo externo do olho. Quanto ao arco, este deve passar precisamente por cima do círculo da íris.

A frequência da depilação depende do tipo de sobrancelha, mas os especialistas em estética recomendam, como regra geral, retocar as sobrancelhas (isto é, eliminar os pequenos pelos que ultrapassam a linha de definição) uma vez por semana. Mas o que é que acontece quando o volume desta zona é cada vez menor? Há várias soluções muito eficazes para devolver às sobrancelhas a definição e a grossura perdidas.

A maquilhagem é sempre uma excelente aliada. Há lápis específicos que servem tanto para definir a forma e o arco da sobrancelha como para “preencher” as zonas mais visíveis no caso das sobrancelhas “despovoadas”. Uma outra opção são as sobrancelhas tatuadas. Esta técnica consiste em delinear primeiro a forma e a cor das sobrancelhas tal como se querem arranjar para, depois, aplicar sobre este desenho prévio uma tatuagem, utilizando pigmentos naturais.

Nos casos em que a perda de pelos nas sobrancelhas for muito evidente ou total (tal como o caso das pessoas submetidas a tratamentos para lutar contra o cancro), há uma alternativa que cada vez tem mais partidários: o microenxerto das sobrancelhas. Trata-se de uma intervenção ambulatória, que dura aproximadamente duas horas, e na qual se enxertam, pelo a pelo, cabelos geralmente obtidos na parte posterior da cabeça. É praticamente indolor e os resultados são muito satisfatórios e, sobretudo, definitivos. 

Foto: eef-ink

Marcado com →  
Compartilhado →