Looks com volume «a meio gás», acabamento natural e estilo «despenteado, mas cuidado»: estas são as tendências atuais, e os postiços podem ter um papel determinante. Nem toda a gente tem o tipo, a quantidade ou a densidade de cabelo que permita seguir as tendências na altura de escolher o penteado, pelo que é necessário recorrer a uma ajuda «extra» dos diferentes tipos de postiços.

Se tivermos de destacar dois estilos de penteado que estão na moda, há dois claros vencedores: o rabo-de-cavalo (em todas as suas versões) e o baby bangs ou a «minifranja». No que respeita ao rabo-de-cavalo, basta passear pelo Instagram para ver em primeira mão o seu triunfo absoluto no look de famosas e de influencers. Usam-se de mil e uma maneiras: altos, baixos, esticados, despenteados… Em todos, misturar cabelo natural com postiços ou recorrer a soluções de integração capilar, como os Sistemas Hair & Hair da Svenson, contribui para conseguir um resultado muito fashion, mesmo no caso do mais elaborado, o «bubble ponytail», que Kendall Jenner, a pequena do clã Kardashian, pôs na moda.

pelo-mujer

Além de dar corpo, volume e estrutura, os «acrescentos» podem converter o look rabo-de-cavalo numa proposta muito original se alternarmos extensões ou postiços de diferentes tonalidades (as misturas louro-castanho funcionam muito bem neste sentido). Um truque para unificar o conjunto e evitar que nenhuma madeixa «denuncie» que não se trata de um look 100% natural consiste em borrifar todo o conjunto com um pouco de champô seco.

Para a outra tendência, a minifranja, também se pode recorrer ao postiço (um truque que Penélope Cruz já utilizou mais do que uma vez). Trata-se de um estilo que combina muito bem com rostos miúdos e de traços suaves, como o de Emma Watson. Tanto quando se trata de uma franja natural como de um postiço, é necessário cortar/posicionar a franja no meio da testa. Nos casos de franja natural, é possível dar-lhe um toque de modernidade, acrescentando madeixas postiças mais compridas por cima e penteando-as ligeiramente para um lado.

As perucas são outro recurso estético muito útil para adaptar o estilo capilar às tendências da moda, seja por questões meramente estéticas ou nos casos em que se opta por esta solução como consequência de um problema (a alopécia derivada de um tratamento oncológico é o mais habitual). As perucas atuais são perfeitamente compatíveis com os estilos que estão na moda, e permitem obter looks muito versáteis. Há que ter em conta que, para o resultado ser natural e favorecedor, as perucas exigem que se siga um «manual de utilização». Tanto para conhecer estas recomendações como para acertar no modelo ou estilo que mais se adequa às características pessoais, é recomendável recorrer a assessores, como os da Svenson.

Soluções para cabelos com pouco volume

Para além dos postiços tradicionais ou das perucas, existem soluções para obter um cabelo com mais volume. O cabelo fraco é a manifestação mais visível da alopecia androgenética nas mulheres. Ao contrário do que acontece com os homens, esta queda de cabelo hereditária não costuma resultar habitualmente na calvície completa de uma grande área, mas numa perda de cabelo com aspeto de clareamento e pouco volume. Para estes casos, existem os Sistemas de Integração capilar, que permitem entrelaçar cabelo natural com o próprio cabelo, dando um aspeto natural e permitindo escolher o penteado de acordo com qualquer tendência em termos de estilo.

Marcado com →  
Compartilhado →