Famosos-alopeciaA alopecia e a perda de cabelo não são um apanágio do cidadão comum. São muitas as personagens populares que enfrentam este problema e que recorrem a técnicas e a estratégias de diferentes tipos e a sistemas para o resolver, ou, pelo menos, para encobrir a sua alopecia. E nem sequer muitas das estrelas que todos os dias desfilam por tapetes vermelhos, “photocalls”, etc… se livram de ter de repovoar as suas cabeleiras recorrendo a postiços, perucas ou a outras soluções. E mais: quando nos debruçamos um pouco sobre as publicações especializadas no star system e os comentários dos gurus deste tipo de crónicas, deparamo-nos com bastantes surpresas.

Um exemplo de um famoso com alopecia é o ator Woody Harrelson, que aparece na fantástica série True Detective notavelmente mais rejuvenescido e usando um favorecedor “semi-tupé”. O segredo? Um mais do que conseguido postiço. Também, e tal como revela um artigo publicado na revista Icon, o seu companheiro da mesma série, o oscarizado Matthew McConaughey, revitaliza a sua minguante cabeleira com um tratamento à base de várias loções e champôs. Por sua vez, outra estrela televisiva, Jon Cryer, protagonista da serie Dois Homens e Meio, dissimula a sua incipiente calvície recorrendo a uma solução à base de fibras naturais que se estendem sobre o cabelo que ainda lhe resta na cabeça, aumentando a sua grossura e produzindo o efeito imediato de uma abundante cabeleira.  


Mas, sem dúvida, a opção mais popular entre os famosos é o microenxerto capilar. O “clube” dos famosos com implantes capilares cresce praticamente todos os dias, e podemos dizer que o setor pioneiro a optar por esta técnica foi o dos desportistas, com o futebolista Wayne Rooney à cabeça, o qual foi o primeiro a reconhecer publicamente que se tinha submetido a esta intervenção e que estava muito satisfeito com os resultados. Outro futebolista internacional, o holandês Wesley Sneijder, também utilizou esta técnica para substituir um look no qual já quase não restavam cabelos por uma farta cabeleira. No nosso país, um caso de implante capilar bastante óbvio, embora nunca oficialmente reconhecido, é o do guarda-redes da seleção espanhola e do Futebol Clube do Porto, Iker Casillas.

Da mesma forma, outro “grémio”, o dos atores, tornou-se num dos que conta com mais “adeptos” do microenxerto, e embora sejam ainda poucos os que reconhecem abertamente terem-se submetido a essa intervenção, praticamente nenhum o desmentiu. Brendan Fraser, Tom Hanks, Kevin Costner e Jude Law, são algumas das “belezas oficiais” em que as consequências do microenxerto são mais do que evidentes.

Por último, e no meio deste repertório de exemplos de famosos que decidiram camuflar ou resolver os seus problemas capilares, devemos também mencionar os que optam por exibir a sua calva sem qualquer problema e sem que por isso tenha diminuído o seu atrativo. Bruce Willis e Sean Connery são dois bons exemplos.

FOTO:  Steve Rogers

Compartilhado →