Cabelo-fragilApesar da sua aparente vulnerabilidade, cada um dos nossos cabelos
é mais forte do que um fio de cobre com a mesma espessura… sempre
e quando o cabelo está em ótimas condições, tanto externa como
internamente. E isto não é muito comum, pelo contrário, um elevado
número de pessoas têm o que se designa por cabelo frágil.

São vários e muito evidentes os sinais de identidade que nos
permitem reconhecer um cabelo muito débil, especialmente na
cutícula, a camada mais externa: apresenta microfissuras que,
gradualmente, a vão tornando mais frágil, favorecendo a sua
aparência sem brilho e um toque áspero. Outros sinais de alerta são
a presença
de pontas abertas e uma maior fragilidade ao pentear
,
que faz com que o cabelo se quebre, literalmente, ao passar a escova
ou o pente. Tudo isto é causado pelas contínuas agressões a que
está sujeito um
cabelo
frágil
,
como os tratamentos químicos, excesso do uso de secador, fraca
proteção contra à ação dos raios UV e outros fatores ambientais.

Além disso, existem determinadas circunstâncias que afetam o
interior do cabelo e, mais concretamente, a origem do mesmo (isto é,
o bolbo
piloso
),
dando lugar a um
cabelo
muito débil

e que provocam também a sua queda. As alterações hormonais,
determinados estados emocionais e, sobretudo, deficiências
nutricionais estão por trás da maioria dos casos de cabelo frágil,
porque são circunstâncias que atuam como autênticos
“debilitadores” da sua estrutura interna e externa.

No que diz respeito aos fatores endógenos que contribuem para um
cabelo frágil e favorecem a sua queda, destacamos a investigação
desenvolvida há algum tempo por especialistas da Universidade
de Sheffield
, segundo a qual, os efeitos de
elevados níveis de stress no organismo levam a uma contração dos músculos do couro cabeludo,
o que reduz o fluxo sanguíneo para os folículos pilosos,
enfraquece o cabelo e favorece a sua queda.


São muito os conselhos
para o cabelo
que contribuem para devolver a
vitalidade e a força perdida. Em primeiro lugar, convém escolher um
champô adequado, rico em ingredientes nutritivos e reestruturantes.
A frequência depende do tipo de cabelo, mas os especialistas em
queda de cabelo da Svenson
, recomendam evitar sempre a acumulação
de gordura, uma vez que esta ativa a proliferação de bactérias e
reduz a oxigenação do couro cabeludo, factor essencial para o
estado saudável do cabelo.

Entre os conselhos para o cabelo mais adequados quando se
trata de cabelo muito fraco, especialmente se tiver franja,
destaca-se a aplicação regular de condicionadores e máscaras,
produtos que restauram alguns dos componentes da estrutura capilar
perdida, quando se trata de um cabelo muito enfraquecido, melhorando
o seu aspeto e fazendo com que pareça mais forte.

Para fortalecer o cabelo frágil desde o seu interior,
especialistas em queda de cabelo da Svenson recomendam vigiar o tipo
de alimentação,
incluindo na dieta habitual nutrientes como o ferro e outros minerais
como o zinco e o magnésio; os aminoácidos e as vitaminas do grupo
B. E, sobretudo,
aplicar
ao cabelo os cuidados diários mais adequados, que são fundamentais
em qualquer tipo de cabelo mas são determinantes quando se trata de
um cabelo muito enfraquecido.

FOTO:
bricolage108

Compartilhado →