Cabelo-mulher

Perto dos 40 anos, estima-se que 25% das
mulheres apresentam  problemas
capilares
 que resultam numa perda de cabelo e uma em cada
duas mulheres sofre deste problema ao chegar aos 50 anos. Mas já antes, as
zonas nas quais o cabelo começa a “clarear” consistem num fator para se começar
a ter em conta nos cuidados de  beleza
capilar.
São várias as causas pelas quais o cabelo cai e que podem
favorecer a alopecia em mulheres:
emocionais, hormonais e endócrinas, sem esquecer que também há um fator sazonal
(a chegada do outono, por exemplo) que também incide em maior ou menor medida.

A isto deve-se juntar o passar do tempo:
com a idade, a fase de crescimento capilar vai reduzindo-se, o cabelo é
renovado mais lentamente e o seu diâmetro e densidade diminuem. Além disso, o
colagénio que rodeia a raiz torna-se cada vez mais rígido, dando lugar a um
cabelo de pior qualidade.


Na maioria dos casos de  alopecia feminina, o cabelo é
recuperado com um tratamento específico e com o uso de produtos de beleza capilar  adequados. Chega a
haver ocasiões em que volta a crescer de forma espontânea, uma vez que o
organismo volta a recuperar o equilíbrio ou que o fator que a produziu deixa de
existir.

O primeiro passo para fazer face à  alopecia em mulheres  é procurar o conselho de um profissional
(como os profissionais da Svenson para
mulheres
) já que nem todas as quedas de cabelo ou perdas de densidade são
iguais nem ocorrem pelos mesmos motivos.

Depois, os produtos de cuidado diário
devem ser adaptados ao problema. Assim, por exemplo, a melhor opção é aplicar
um champô de tratamento que prepare o couro cabeludo e o deixe nas melhores
condições para receber os princípios ativos aplicados para combater a  alopecia feminina.

O fator-chave é aplicar de forma regular
as substâncias que demonstraram ser eficazes no tratamento de problemas capilares  como a  alopecia em mulheres: por exemplo, o
minoxidil (uma molécula que combate a rigidez do colagénio que rodeia o cabelo
e permite uma melhor fixação do bolbo piloso no couro cabeludo) e determinados
produtos que contêm vitaminas ou aminoácidos como a vitamina A e B, a cistina
ou a biotina, que favorecem a recuperação do cabelo perdido. É importante
aplicar sempre este tipo de produtos através de uma massagem suave, para
facilitar desta forma a correta penetração dos princípios ativos que entram no
interior do couro cabeludo, e ao mesmo tempo, estimular a circulação sanguínea.

Para os
casos mais sérios, ou simplesmente, se este tipo de tratamentos convencionais
não funcionar ou caso existam dúvidas sobre como utilizá-los, pode sempre
recorrer à vasta gama de opções da 
Svenson
para mulheres.
 Existe uma solução para cada caso e para cada
necessidade em concreto…porque cada  
alopecia feminina  é “única e pessoal”.

Foto: Cath Ortega

Compartilhado →